18
jan

Resenha | A Bandeja – Lycia Barros

Categorias: Livros

Oi, gente!

Eu sou a Dany Dutra e essa é a minha estreia aqui no blog! Estou muito feliz com o convite da prima Helen para compartilhar um pouco das minhas leituras com vocês. Nesse primeiro post, decidi falar sobre um livro que me marcou muito: A Bandeja, da autora nacional Lycia Barros.

Título: A Bandeja / Série: Despertar / Autor (a): Lycia Barros / Editora: Arqueiro / Páginas: 240

 Skoob: Adicione / Compre: Buscapé / Minha avaliação: ★★★★★

Sinopse: Aos 18 anos, Angelina está prestes a viver o maior desafio de sua vida: sair de Petrópolis para estudar no Rio de Janeiro, deixando para trás os cuidados e a proteção de seus pais. 
Assim que se instala na república de estudantes e começa a assistir às aulas, a jovem percebe que as dificuldades serão muitas. Ela divide um quarto com uma colega desorganizada, uma frequentadora assídua de festas e chopadas que vive cercada de más companhias. Além disso, as condições das instalações da faculdade são precárias e os professores não parecem comprometidos. Angelina já está desanimando de sua nova vida quando esbarra no lindo Alderico – ou Rico –, um cara capaz de fazer qualquer garota perder o fôlego. O que ela não poderia imaginar era que Rico é seu professor de linguística e se interessaria por ela também. 
Deslumbrada com a descoberta da paixão e certa de que Rico é seu grande amor, Angelina se joga de cabeça nessa relação, ignorando todos os conselhos que recebera dos pais a vida inteira. Ao mesmo tempo ela começa a ter sonhos que não consegue entender: homens lhe oferecem objetos numa bandeja e, logo depois que Angelina aceita seus presentes, eles se transformam em feras e desaparecem numa floresta.

Primeiro volume da Série “Despertar”, A Bandeja é um romance arrebatador que retrata os dramas e as provações pelos quais qualquer jovem passa quando se afasta de sua essência e deve trilhar de novo o caminho do amor verdadeiro e de Deus.

“Eu me esforçava muito para agradar meus pais, para ser a menininha perfeita,  mas às vezes eu só queria… ser livre para cometer alguns erros, só para variar.” Página 19

Nesse primeiro livro da série, conhecemos a história de Angelina, uma jovem de 18 anos, cristã, que acaba de ingressar na universidade para o curso de letras, pois sonha em ser escritora. Logo que chega à república de estudantes e começa a frequentar as aulas, Angelina percebe que muitas serão as dificuldades ao longo do seu caminho. O que ela não esperava era que ao longo dessa nova jornada, ela conheceria alguém que mudaria sua história, Rico, que além de professor também é um cara capaz de fazer qualquer mulher perder a cabeça.

“E o que sustenta uma vida saudável é a alegria, que é considerada uma unção de Deus. Um estado de espírito que só Ele pode dar. Momentos de felicidade você consegue com qualquer um, mas duram pouco.” Página 102

Apesar de toda a felicidade que Angelina estava vivendo ao longo desses meses, aos poucos ela vai se afastando das pessoas mais próximas e fazendo de Rico o único detentor de todo o tempo que ela tem. Alguns meses se passam e chegam as férias, e ela retorna a casa de seus pais onde passará esse período até o retorno das aulas. Mas Angelina não contava que nesse curto espaço de tempo sua vida sofreria uma reviravolta com algumas descobertas e com o surgimento de uma amizade que ela não esperava, onde surgiria o amor que um dia tanto sonhou.

“Tudo na vida passa. Somente as coisas que conquistamos em Deus permanecem.” Página 154

Eu não tenho palavras para descrever a emoção que esse livro me proporcionou. Foi um misto de todos os sentimentos. A Bandeja é um daqueles livros em que eu pude sentir todas as emoções junto com a personagem. E não só para aqueles que assim como eu são evangélicos, a leitura nos leva a um momento de reflexão. Sem falar que o livro conta com diversas passagens da bíblia e que podemos remeter a momentos vividos no nosso cotidiano.

“A fé de Dante parecia mais real que a nossa, como se ele de fato tivesse um relacionamento com Deus.” Página 10

Angelina, apesar de em certo momento se ver perdida e com o coração em pedaços, encontra refúgio no seu amigo de infância, Dante, o qual ao longo do tempo mostra a nossa protagonista que esperar em Deus e colocá-LO como fonte de inspiração em tudo que fizer, proporcionará a ela conquistas as quais nem imagina.

“Aprendi que escolher o errado é sempre mais fácil; as coisas boas e permanentes nem sempre são as primeiras a aparecer. Se dependermos de Deus, não cometermos os mesmo erros de quando somos independentes d’Ele. As escolhas são nossas..” Página 232

Série Despertar ainda conta com outros 4 livros, onde cada um aborda um tema específico e são voltados ao público jovem. Toda a trama é narrada em primeira pessoa pela própria Angelina, que divide com o leitor suas emoções, seus anseios e pensamentos ao longo das 240 páginas do livro. Desejo que assim como eu, vocês possam se deleitar com essa leitura emocionante!

ACOMPANHE O BLOG NAS REDES SOCIAIS:

Instagram ❤ Facebook ❤ Google + ❤  Pinterest ❤ Skoob ❤ Twitter ❤  YouTube


Comente aqui!

3 Respostas para "Resenha | A Bandeja – Lycia Barros"

Ana Karla - 19-01-2017 (01:03)

Dany, seja bem vinda a blogosfera! Não sabia que a Helen tinha uma irmã resenhista tão boa quanto ela!
Agora vamos falar do livro, ele é com certeza um dos meus queridinhos, amo o Rico, mesmo ele sendo o antagonista, me apaixonei por ele junto com a Angelina. Aquilo sim é q é um homem!!! Kkkk tirando os erros dele claro. Esse foi o primeiro livro q devorei na vida, acho q por isso tenho um carinho tão grande, Helen tem q ler esse livro, vou pertuba-la para isso kkk.
http://www.byanak.com.br

Responder


Denise Crivelli - 21-01-2017 (01:17)

Oi
já li algumas resenhas desse livro e que bom que gostou da leitura,
Parece até ser uma historiae mocionante, mas nem sei se leria ele;
momentocrivelli.blogspot.com

Responder


Thaiane e Thalita - 21-01-2017 (21:03)

Não conhecíamos o livro, parece ser muito interessante, gostamos da resenha super completa.

Beijos

onlyinspirations.blogspot.com.br

Responder


Helen Dutra - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017