08
nov

Resenha | Desejo Insaciável – Kresley Cole (Série Imortais – Livro 1)

Categorias: Livros

Olá, amores!

Não é segredo pra ninguém que eu sou apaixonada por livros com histórias sobrenaturais. Dizer que tenho uma queda, é pouco, eu tenho um verdadeiro tombo, rsrsrs.

O livro da vez foi esse amorzinho HOT, que também é uma dos meus gêneros favoritos.

  —

A história começa falando sobre Emmaline, nossa protagonista, que era fruto da união de uma valquíria e um vampiro, então por herança ela era metade dos dois. O livro fala sobre suas origens e, principalmente, sobre como ela buscava conhecer a si mesma.

Emma sempre foi rotulada como indefesa, frágil, pequena, sem talento. Ela cresceu ao lado de suas tias e sua mãe adotiva, que eram todas Valquírias e sempre a protegiam de tudo e até “dela mesma”. Até o dia em que Emma precisava seguir seu caminho e descobrir mais sobre si, mas antes de sair para sua viagem, Nix uma de suas tias, lhe disse que nessa viagem ela iria fazer aquilo para o qual havia sido destinada. O que seria isso? Que mistérios rondavam vida de Emmaline?

Já em Paris, em busca de informações sobre seus verdadeiros pais, Emma encontra Laclain, um Likae que até então estava preso nas catacumbas abaixo da cidade. Ele fora aprisionado havia mais de um século, mas ao sentir o cheiro de Emma (sua prometida), ele lutou com todas as forças que lhe restava para conseguir se libertar. Laclain não podia e não queria perdê-la, não depois de já ter procurado tanto por ela.

Já livre de seu cativeiro, e ainda meio confuso com o século em que estavam, ele sai a sua procura, e quando a encontra ele a sequestra, cheio de autoritarismo pra cima da pequena Emmaline, que não entendeu nada, só tremia de medo.  Nesse momento do livro eu já estava “oi bresel? Como assim?

Fiquei revoltada com a forma como ele a tratou; bruto, cheio de ordens e dono da razão. Ele achou que o fato dela ser “sua”, lhe dava o direito de ter posse dela e da sua vida, lhe privando do direito de escolha. Foi um misto de amor e ódio por Laclain. Em alguns momentos era doce, carinhoso e cuidadoso com ela, já em outros, lhe tratava com arrogância e queria lhe impor seus desejos e vontades, é meio que chocante como você pode sentir as emoções da história, porque eu gostava do Laclain à medida que Emma também gostava, bem louco eu sei, kkkk.

Ao longo da história, Emma começa a se perguntar como era possível ela está desenvolvendo sentimentos e desejos por aquele que havia lhe sequestrado, mas era inevitável negar a atração que ela sentiu instantaneamente ao vê-lo pela primeira vez. Ele despertou nela desejos que até então ela nem sabia que existiam, lhe permitiu conhecer melhor até mesmo seu corpo, e devido ao desejo de se “libertar” dele, ela passou até a perceber que não era tão fraca como pensava. Pouco a pouco Emma vai se apaixonando pelo Rei dos Likaes, mas ainda assim, tenta fugir de seus desejos mais profundos.

Já de volta a seu castelo, Laclain tenta ao máximo fazer Emma ficar, ela está mais forte, conhece mais de si mesma do que nunca achou que conheceria, e mesmo assim tem medo de viver esse amor, nesse meio tempo em que eles viajam até o castelo, acontece de tudo, (não chorem por que não vou dar spoiler). E essa viajem faz com que Emma e Laclain desenvolvam uma conexão maior entre si, até que na noite de lua cheia BUMMMM… O inevitável acontece, Emma se entrega ao seu desejo por Laclain e tomada por ele, em seus braços, se proclama sua, eternamente.

Seria bom se nesse momento de final feliz tudo estivesse resolvido, mas ainda existiam questões pendentes, como a vingança de Laclain a Demestriu (rei do vampiros, e quem havia lhe aprisionado), a busca por respostas de Emma, o fato de que sua família nunca aceitaria sua união com Laclain, e o mais importante: qual seria o destino para o qual a adorável Emma estava reservada?!

Desejo Insaciável tem uma leitura leve, as vezes descontraída, cheia de mistérios e com personagens que você quer também saber qual o fim de suas histórias. Achei ele um livro muito bom, mas acredito que a autora poderia ter explorado mais o romance dos personagens principais. O que teve mais ênfase não foi a história de amor, e sim um autoconhecimento e crescimento dos protagonistas, o que tornou o grande diferencial do livro, pois a história não virou mais um clichê de “eles viveram felizes para sempre”.

Eles tiveram seu final feliz, mas para isso acontecer cada um percorreu um caminho. Emma traçou sua história em busca da verdade. Sobre suas origens e sobre ela mesma, descobriu ser capaz de fazer muito além do que um dia imaginou, teve de crescer e também aprender a confiar no que seus próprios instintos lhe diziam.

Laclain teve uma jornada difícil de autocontrole, precisou aprender dominar a fera que havia dentro de si, teve que reaprender a viver em uma época diferente, contra tudo o que acreditava, passou a confiar em quem ele antes julgava ser um inimigo, e aprendeu como o peso de um ato não pensado pode mudar muita coisa em sua vida.

Dou a esse livro 3 estrelas porque mesmo achando que foi uma boa leitura, o livro demorou a me “pegar”, mas a história não deixa de ser ótima.

E é isso, amores. Espero que tenham gostado, vejo vocês na próxima leitura, até lá divirtam-se com novos livros e também com nossas resenhas.

 


Comente aqui!

2 Respostas para "Resenha | Desejo Insaciável – Kresley Cole (Série Imortais – Livro 1)"

carol sena - 11-11-2017 (02:11)

adoro livros de fantasias, estou lendo agora corte de espinhos e rosas, recomendo muito, e sua resenha está ótima, já vai pra listinha

Blog Entre Ver e Viver

Responder


Cássia - 18-11-2017 (12:49)

Sempre leio resenhas positivas sobre esse livro, estou bem curiosa para conferir essa história!

Responder


Helen Dutra - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017