08
set

Resenha | Em Águas Sombrias – Paula Hawkins

Categorias: Livros

Hoje a resenha é do livro de uma autora muito conhecida pelo best-seller internacional A Garota do Trem. Estou falando de Paula Hawkins e seu último livro publicado pela Editora RecordEm Águas Sombrias, um thriller psicológico que promete revelar segredos há muito submersos.

Título: Em Águas Sombrias / Autor (a): Paula Hawkins / Editora: Record

Páginas: 364 / Skoob: Adicione / Compre: Buscapé / Minha avaliação: ★★★

Sinopse: Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.

Em Águas Sombrias começa com o aparecimento de uma mulher morta no rio Beckford, que atravessa a cidade, sendo que pouco tempo antes, uma adolescente também teve o mesmo trágico fim. Embora o livro comece falando dessas mortes em específico, estas não foram as primeiras mulheres perdidas nas águas escuras desse rio, e cada uma delas tem segredos que ficaram submersos junto com elas.

 

“Beckford não é um local de suicídios. 

Beckford é um local para se livrar de mulheres encrenqueiras.”

A narrativa do livro é feita tanto em primeira pessoa como em terceira pessoa, por vários personagens distintos. Apesar dos capítulos serem pequenos, o fato de serem muitos narradores me deixou confusa em alguns momentos, principalmente no início. Mas isso não prejudica a leitura, pois cada narrador tem suas particularidades e segredos pra contar, o que ao longo dos capítulos vai nos ajudando a desvendar o mistério por trás das águas sombrias do rio Beckford, ou Poço dos Afogamentos, como também é chamado.

Eu confesso que estava bastante ansiosa para ler Em Águas Sombrias, por causa dos inúmeros elogios dados a autora por conta do sucesso que foi A Garota do Trem, que inclusive ganhou adaptação cinematográfica e eu gostei bastante. Contudo, eu esperava um pouco mais desse thriller psicológico; apesar de que, de um modo geral, eu fiquei feliz por ter lido esse livro e de, aos poucos, estar introduzindo esse gênero literário nas minhas leituras.

Ah! Não posso deixar de mencionar que a trama envolve diversas histórias paralelas, e isso dá mais veracidade aos temas abordados e aos personagens, por serem tão complexos e cheios de falhas, como nós somos na vida real.

Então fica a indicação desse livro com muitos segredos, revelações e um alto clima de suspense. Quem ama thrillers psicológicos certamente irá gostar da leitura de Em Águas Sombrias. E pra encerrar, deixo aqui o meu agradecimento a Editora Record, que enviou esse exemplar de cortesia para o blog. Não dá pra negar que essa edição está lindíssima, né gente?

“Era como se ele estivesse em águas profundas tentando agarrar alguma coisa, qualquer coisa, para se salvar…”

 

Um beijo e até a próxima!

ACOMPANHE AS REDES SOCIAIS DO BLOG:

Instagram ❤ Facebook ❤ Google + ❤  Pinterest ❤ Skoob ❤ Twitter ❤  YouTube

Helen Dutra - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2017