20
jan

Resenha | A Escolha – Kiera Cass

Categorias: Livros

Oi gente!

Essa é a primeira resenha literária do ano, mas o livro foi lido ainda em 2015 (mostrei minha lista de leitura nesse post AQUI). Como eu sou fã dessa série e quero incentivar o maior número de pessoas possíveis a lerem esses livros, compartilho com vocês, mesmo um pouco atrasada, algumas das minhas impressões sobre A Escolha, de Kiera Cass.

Resenha A ESCOLHA (1)

Título: A Escolha / Autor (a): Kiera Cass / Editora: Seguinte

Páginas: 352 / Série: A Seleção / Skoob: Adicione / Minha avaliação: ★★★★★

Sinopse: America era a candidata mais improvável da Seleção: se inscreveu por insistência da mãe e aceitou participar da competição só para se afastar de Aspen, um garoto que partira seu coração. Ao conhecer melhor o príncipe, porém, surgiu uma amizade que logo se transformou em algo mais… No entanto, toda vez que Maxon parecia estar certo de que escolheria America, algum obstáculo fazia os dois se afastarem. Um desses obstáculos era Aspen, que passou a ocupar o posto de guarda no palácio e estava decidido a reconquistar a namorada. Em encontros proibidos, ele a reconfortava em meio àquele mundo de luxos e rivalidades. Com essas idas e vindas, America perdeu um pouco de espaço no coração do príncipe, lugar que foi prontamente ocupado por outra concorrente. Para completar, o rei odiava America e a considerava a pior opção para o filho. Assim, tentava sabotar a relação dos dois, inventando mentiras e colocando a garota em prova a todo instante. Agora, para conseguir o que deseja, America precisa cortar os laços com Aspen, conquistar o povo de Illéa e conseguir novos aliados políticos. Mas tudo pode sair do controle quando ela começa a questionar o sistema de castas e a estratégia usada para lidar com os ataques rebeldes.

Resenha A ESCOLHA (2)

Pra quem ainda não conhece, A Escolha é o terceiro livro da série A Seleção, uma distopia em que a população é dividida por castas, o governo é monarca e o príncipe escolhe sua futura rainha através de um concurso televisionado que reúne trinta e cinco garotas de Illéa. Nos livros anteriores conhecemos as candidatas da Seleção, o príncipe e sua família, o sistema de governo, vimos alguns ataques rebeldes e fomos surpreendidos com um perigoso triângulo amoroso. É somente nesse volume da série que vamos descobrir quem vai ficar com a coroa e com o coração do príncipe Maxon.

Logo no início do livro, America parece estar super decidida a ficar com Maxon e lutar por aquilo que acredita, mas com tantas guerras políticas, intrigas e mentiras, não tem como ter certeza de que eles realmente ficarão juntos, por mais previsível que o final possa parecer. Ficamos tão angustiados com as dúvidas dos protagonistas, que chega a causar um pouco de irritação. Outra coisa que me incomodou um pouco foi o fato de os dois serem extremamente orgulhosos em relação aos seus sentimentos. De qualquer forma, não tem como não amar Maxon e torcer por esse casal.

E esquecendo um pouco do romance, em A Escolha, a autora dá mais atenção a distopia em si. Claro que o romance Maxon-America-Aspen continua sendo o foco da série, mas nesse volume mergulhamos muito mais nas questões políticas e sociais do país.

Resenha A ESCOLHA (3)

Resumindo: eu gostei muito de todos os livros da série. A Escolha em especial me fez sentir várias emoções diferentes; sorri, chorei, torci, me irritei, me alegrei… enfim, acho incrível como uma autora consegue causar todas essas sensações em um leitor, por isso e por tantos outros motivos, eu passei a amar Kiera Cass. A forma que ela escreve é fascinante! De não largar o livro até ele acabar. Por falar nisso, fiquei bem satisfeita com o desfecho dos personagens. Acredito que foi um final justo para os fãs da série. Ficaram algumas dúvidas mal respondidas, mas nada que me fizesse mudar de opinião. A série é MARAVILHOSA e agora só me resta muita saudade.

“Eu o amava. Era incapaz de apontar precisamente o motivo de tanta certeza, mas soube na hora, com a mesma certeza com que sabia meu nome ou a cor do céu ou qualquer coisa escrita em um livro.” Página 95

 

ME ENCONTRE TAMBÉM AQUI:

Instagram ❤ Facebook ❤ Google + ❤  Pinterest ❤ Skoob ❤ Twitter ❤  YouTube

Um super beijo, fiquem com Deus!

01
jan

Meus livros lidos em 2015

Categorias: Livros

Hello people!

Como foi a virada de ano de vocês? Espero que tenha sido maravilhosa! Estou muito grata por todas as coisas que fiz em 2015 e uma delas é o assunto do post de hoje.  Na verdade, eu queria ter compartilhado isso com vocês antes do fim do ano, mas com tantos afazeres, acabei não conseguindo.

livros

Trata-se da minha meta literária 2015. Eu tinha me proposto a ler um livro por semana, mas não consegui cumprir a meta. Se tivesse sido mais disciplinada desde o início, certamente conseguiria. Acho que não é tão difícil assim. Porém, eu não fiquei chateada, pelo contrário, estou muito feliz com o resultado, pois nunca tinha lido tanto em um ano. Li aproximadamente dois livros por mês, e você pode conferir os títulos e as resenhas na lista abaixo:

 

 

01 – A Seleção – Kiera Cass

 

02 – A Elite – Kiera Cass

 

03 – A Escolha – Kiera Cass

 

04 – A Herdeira – Kiera Cass

 

05 – Contos da Seleção – O Príncipe e o Guarda – Kiera Cass

 

06 – A garota que você deixou para trás – Jojo Moyes

 

07 – A última carta de amor – Jojo Moyes

 

08 – Como eu era antes de você – Jojo Moyes

 

09 – Um mais um – Jojo Moyes

 

10 – Extraordinário – R.J. Palácio

 

11 – Plutão – R.J. Palácio

 

12 – O Pequeno Príncipe – Antonie Saint Exupéry

 

13 – Quem é você, Alaska? – John Green

 

14 – Fiquei com o seu número – Sophie Kinsella

 

15 – Procura-se um marido – Carina Rissi

 

16 – Perdida – Carina Rissi

 

17 – Encontrada – Carina Rissi

 

18 – Um estranho no espelho – Sidney Sheldon

 

19 – Milagres Invisíveis – Bianca Toledo

 

20 – Morra por mim – Amy Plum

 

21 – As 100 +: O guia de estilo que toda mulher fashion deve ter – Nina Garcia

 

22 – A estratégia de estilo – Nina Garcia

 

23 – O gênio da Zara – Covadonga O´Shea

 

24 – Pequeno livro de estilo – Ana Vaz

 

25 – Pequeno livro de etiqueta – Ana Vaz

 

Foi um ano de ótimas leituras. Gostei especialmente de “Como eu era antes de você“, a série “A Seleção” e “Procura-se um marido“. E vocês,  o que andaram lendo em 2015? Tem algum livro especial? Vou adorar saber. ?

 

 

 

ME ENCONTRE TAMBÉM AQUI:

Instagram ❤ Facebook ❤ Google + ❤  Pinterest ❤ Skoob ❤ Twitter ❤  YouTube

Um super beijo. Feliz ano novo!

16
dez

Resenha | Procura-se um marido – Carina Rissi

Categorias: Livros

Eu tinha muitas expectativas antes de começar a leitura de Procura-se um Marido. Já tinha ouvido falar várias vezes nesse livro e já tinha visto resenhas em diversos blogs e canais do YouTube. Já tinha até feito propaganda pras minhas amigas dizendo que o livro era muito bom, e eu ainda nem tinha lido! Parece até que eu já o amava antes mesmo de lê-lo. A ansiedade só chegou ao fim depois que eu ganhei um exemplar de presente num amigo secreto e simplesmente não consegui me frear. Em poucos dias devorei esse chick lit maravilhoso, com personagens apaixonantes e a narrativa incrível da Carina Rissi.

Título: Procura-se um marido / Autor (a): Carina Rissi / Editora: Verus / Páginas: 476

 Skoob: Adicione / Compre: Buscapé / Minha avaliação: ★★★★★

Sinopse: Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. 

Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel.

Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.

Procura-se um marido (4)

A história gira em torno de Alicia, uma garota rica, livre, inconsequente e que aparentemente leva uma vida perfeita. Vida essa que muda drasticamente com a inesperada morte de seu Narciso, o avô que ela tanto ama e a única pessoa da família que ela tem na vida, já que seus pais faleceram quando ela era apenas uma criança.

Logo no início da trama, Alicia descobre que perdeu muito mais que um avô. Perdeu também toda a regalia que tinha e agora terá que trabalhar como assistente de secretária na empresa que deveria ser dela. Tudo isso porque no testamento que o avô deixou, está claro que Alicia é incapaz de assumir seu império, devendo portanto, estar casada há mais de um ano para poder tocar na sua herança.

“Não tenho namorado, não acredito na instituição do casamento, não vou me casar só porque meu avô quer.” Página 27

—-

Alicia até tenta se adaptar a sua nova rotina de assalariada, mas cansa facilmente das andanças de ônibus e de ser tratada de forma grosseira pelos outros funcionários da empresa de seu avô. Então, num momento de desespero, ela põe um anúncio no jornal à procura de um marido de aluguel. E é nesse momento que a vida de Alicia, novamente, muda por completo.

“-Mari, aconteceu uma catástrofe! – chorei ao telefone.

-Ah, não! O que foi? Você está bem? Claro que não está bem, que pergunta imbecil! Você está ferida? O que aconteceu? Fala, criatura! – cuspiu ela, sem parar para respirar.

-Me apaixonei pelo meu marido! – gemi.” Página 223

Não estou contando spoilers, a verdade é que o título do livro é bem previsível. Alicia casa com Max, o único pretendente descente que respondeu ao anúncio. Ela vai morar no apartamento dele (em quartos separados, tá?), eles estabelecem regras de convivência para se suportarem (inclusive nenhum contato físico), mas inevitavelmente Alicia se apaixona por ele ao longo dos dias. E eu não a culpo, afinal, Max é tão Maximus (quem já leu vai entender o termo) que é impossível não se apaixonar por alguém como ele.

Procura-se um marido (2)

Você pode até pensar que a graça do livro acaba aí e que o restante é muito previsível, mas não. NÃO mesmo! É aí que fica melhor! Porque uma hora Alicia decide esquecer Max, outra hora ela faz de tudo para conquistá-lo. Isso sem contar no mistério do testamento e em todas as confusões em que ela se mete, tudo isso narrado com muito bom humor. Eu ria horrores lendo o livro e em alguns momentos, ficava com aquele sorriso bobo de apaixonada, até parece que era eu quem estava vivendo tudo aquilo!

Enfim gente, estou realmente contento a empolgação pra falar do Max. O cara é PERFEITO demais (em todos os sentidos, amigas). Lindo, sarado, inteligente, trabalhador, dedicado à família e mais, muito mais…

“- Você é igual a ninguém que eu conheço. – Seu polegar deslizou pela lateral de meu rosto, até alcançar meu queixo. – É como se cada pouco que descubro sobre você me fizesse querer saber mais, ver mais, entender mais. É enlouquecedor! – ele sacudiu a cabeça.

-Não sei se isso foi um elogio…

-Estou falando sério, Alicia. Eu… eu estou encantado com a mulher que descobri em você.” Página 308

Procura-se um marido (1)

O livro é todo narrado em primeira pessoa, pela Alicia, de modo que a gente consegue se apegar aos personagens muito rápido. A única coisa que me incomodou um pouco durante essa leitura foram alguns errinhos encontrados no livro. Eu até pensei que fosse algum problema na impressão do meu exemplar, porque às vezes faltavam parágrafos indicando diálogos, outras vezes faltavam hifens em palavras que precisaram ser separadas, sabe? Mas mesmo assim, não houve nada no mundo que me fizesse largar esse livro. Os personagens são maravilhosos! Alicia tão impulsiva e doidinha, porém se mostrou tão frágil e apaixonada, sem contar que amadureceu muito ao longo da história. Mari, a melhor amiga que todo mundo quer ter, tão divertida e pronta para ajudar. Vô Narciso, que amava a neta incondicionalmente. Max dispensa comentários… ele é perfeito demais pra ser real: romântico, esforçado, carinhoso, atencioso e com uma pegada que… ai meu coração!!!

Vocês acham que seria muito redundante dizer que AMEI o livro? Sério, é que eu tô com dúvidas se deixei isso claro. De qualquer forma, fica a indicação pra você que quer conhecer autores nacionais, rir e se deixar apaixonar por uma linda história de amor.

Me contem aqui se vocês já leram (por favor, vamos fofocar!)

Ou se pretendem ler (por favor, leiam pra gente fofocar!) 🙂

 

ME ENCONTRE TAMBÉM AQUI:

Instagram ❤ Facebook ❤ Google + ❤  Pinterest ❤ Skoob ❤ Twitter ❤  YouTube

Um beijo grande, tchau!

Páginas«1 ...171819202122232425... 29»

Helen Dutra - Todos os Direitos Reservados - Copyright © 2019